terça-feira, 28 de abril de 2009

"Poesia in Progress"


O que é a LIBERDADE?

Para o povo negro, no século XVIII, nos Estados Unidos, a morte era sinónimo de liberdade.
Para o grande poeta Tagore é quando um homem é despojado de tudo que se torna verdadeiramente livre.
Para uns não existe, para outros conquista-se, há quem recuse ser livre e quem a busque durante uma vida.
Mas só a poesia consente o pleno acesso à "liberdade livre" de que fala António Ramos Rosa.

No próximo dia 30, palas 21,30, no Café Progresso, a livraria Poetria realiza uma sessão de poesia sobre liberdade(s), conforme cartaz anexo.
A Ana Afonso, Celeste Pereira, André Sebastião, Olga Oliveira e António Pinheiro, juntar-se-ão Serge Reggiani, João Villaret e Charles Chaplin para louvar a liberdade - mãe de todos os sofrimentos e de todos os prazeres.

POETRIA

7 comentários:

Sofia Loureiro dos Santos disse...

As comemorações da liberdade iniciam-se logo pela modificação do layout do blogue! Gosto.

O cartaz de apresentação está lindíssimo.

pin gente disse...

vou tentar...

beijo e sorte!
luísa

Donagata disse...

Olha Sofia, eu nem tinha dado conta que tinha mudado o layout. Tenho de perder a mania de andar para aqui a mexer em coisas que não domino. Depois é o descalabro. è que agora não dou com a minha conta. A do domínio próprio...
Eu bem digo que tenho de assumir definitivamente o condomínio.O chato é que estava a construir uma página...
Paciência!
Beijos.

Donagata disse...

Pin. Se puderes és capaz de gostar...
Beijos.

susana disse...

Choro? Grito? Ou choro e grito?

Donagata disse...

Both, if you can...

A.Teixeira disse...

30 de Abril? É Hoje!

Donagata, vais arrasar!

E a direcção de actores, perdão, leitores (pois é de leitura de poesia que se trata), vai sair melhor que nunca!...

Uma verdadeira Trupe!

Isto ainda vai chegar à fase:

- O que é que está a fazer aquela gente toda nos Aliados? O Porto ainda não ganhou o campeonato...

- É gente que quer ir ao Café Progresso...