sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Neve


Que ruído é este tão ténue? Que som sereno escuto eu,

que não distingo claramente? Um som ubíquo, uma subtileza.

E quão surpreendente é a ideia que me dá de leveza.

Se calhar estou a sonhar, vogando no livro com enlevo

e aquilo que estou escutando

são palavras que vou lendo, junto com as que vou sonhando.

Mas cada vez mais desperta, cada vez mais intrigada,

já não consigo sonhar, nem ler; nem sei sequer se estou acordada.

E mantém-se, e até cresce, aquele doce resvalar.

É tal a curiosidade que me obriga a levantar.

E quando afasto a cortina, fico completamente deslumbrada.

Os floquinhos rendilhados que tombam devagarinho,

juntam-se no meu telhado que agora está branquinho.

Está a nevar!


Donagata 2009-01-09

4 comentários:

jrd disse...

Muito bonitas, a neve que não vejo e a poesia que acabei de ler.
bfs com agasalhos

Donagata disse...

Pois, é difícil de ver a neve uma vez que só pegou momentaneamente, nas partes côncavas das telhas.
mesmo assim, a fotografia não lhe faz jus. Era muito mais evidente do que parece.
A poesia vale pelo insólito, até porque com a carga de gripe com que estava e respectivos sintomas, escrever palavras com sentido já foi um feito.Valeu a pena apenas pela raridade do fenómeno aqui no Porto!
Beijos

Carla disse...

Lindo texto... Acordar e ver o manto de neve que se estende à nossa frente, é de facto um espectáculo belissimo. Aqui nevou de forma "torrencial" de tal forma que as escolas tiveram de fechar por voltas das 13h, para assegurar o transporte para as aldeias mais longíquas da localidade. Andar na rua foi um problema e devo confessar que tanto patinei que acabei por cair para gaúdio dos mais novos. Ossos do ofício.
Bom fim de semana.

Beijo

Donagata disse...

Disso tenho saudades. Tem inconvenientes, mas era tão divertido!
E em Chaves não era dos sítios em que nevava mais devido às caldas.

Mas deixa-me alguma nostalgia. Foi por isso que fui a correr fotografar aqueles pobres resquícios de neve que não duraram mais de 10 minutos.

Um beijo grande e espero que esteja bem.