terça-feira, 30 de junho de 2009

Requiem

Requiem aeternam dona eis



Como foi possível Fiona?

Foste assim! Sem avisar! Silenciosa e meiga como sempre soubeste ser!

E linda, mesmo na morte!

E agora. O que faço com este grande vazio que deixaste?


3 comentários:

pin gente disse...

um beijo

BlueVelvet disse...

Vinha agradecer as tuas visitas e o teu carinho, mas fiquei sem palavras.
Já passei por isto e sei como é. Não há palavras de consolo, por isso não tas deixo, que só irritam.
Deixo-te só um enorme, um imenso e apertado abraço.

Donagata disse...

Muito obrigada a ambas pelo carinho e por me entenderem.

Um beijo grande.