segunda-feira, 15 de junho de 2009

Migalhas


Migalhas

São migalhas, só migalhas,

aquilo que eu tenho a certeza

que a vida me dá neste momento.

Pequenas migalhas de um suposto talento.

Suposto pois se queda sem firmeza,

porque descubro que já o fruí

e agora não o asseguro pois penso que o perdi,

ou então, cedi na convicção.

Migalhas de afectos que vão escapando,

esmorecendo devagar, subtilmente,

como o fumo se escapa por entre os dedos da mão.

Migalhas dos meus sonhos voando,

suspendendo um rasto de perda e desilusão.

São tudo migalhas… migalhasmigalhas

12 comentários:

Andarilhus disse...

No entanto... O pão da vida pode desaparecer, mas as migalhas da experiência e da memória, por mais cerceadas que sejam, subsistem sempre.

Um beijo

Donagata disse...

Um beijo. Até Sábado, presumo.

Sofia Loureiro dos Santos disse...

As tuas migalhas faze transbordar o coração, Donagata.

pin gente disse...

e de migalhas se faz pão!

um beijo
luísa

Donagata disse...

Obrigada Sofia. Sempre querida.

Donagata disse...

Pin, é uma verdade na qual nem pensei quando urdi este tartamudeio.

Beijos.

Tia_Cunhada disse...

De vez em quando todos nos sentimos um pouco migalhas de qualquer coisa... Não significa que o sejamos!
Um beijo e tenha uma semana linda.

Donagata disse...

Obrigada Tia_Cunhada, montanhista, nadadora, cobaia e savatista...

Boa semana para si também.

orkide@ disse...

É engraçado...
De migalhas vivi durante bastante tempo...
Até que cheguei à conclusão de que merecia um pouco mais que... migalhas.


Bj

Donagata disse...

Todos merecemos.

Cristina Loureiro dos Santos disse...

Foi tão bom estarmos juntos no sábado :)
Sinto uma nostalgiazinha nestas palavras... Lindo, mesmo assim.

Beijinhos.

Donagata disse...

Faz por que se repita breve, melhor e mais tempo...

Beijos.