quinta-feira, 11 de junho de 2009

O Livro das Aves

A caligrafia Das Aves / Tiago Patrício

As aves marcam o relevo da maré
e a etnografia das horas
Mudam de estação como de idioma
e ondulam pela areia de uma seara
Emergem de vírgulas interiores
e anunciam uma ortografia madura
entre as linhas de continentes decalcados
a tinta impermanente

Têm uma caligrafia acidental em frente do mar
e uma forma nasalada de dizer
meu pé, minha mãe, meu pão
Escrevem uma carta com sotaque de despedida
uma interrogação quando podia ser a travessia



Tiago Patrício
O livro das aves
Quasi edições, 2009
Prémio Daniel Faria 2009

Este prémio foi instituído pela Câmara Municipal de Penafiel, pelos herdeiros de Daniel Faria e pelas Edições Quasi.

Concluíram-se no passado dia 9, 10 anos após a morte de Daniel Faria, excelente poeta, com apenas 28 anos. Encontrava-se a concluir o Noviciado no Mosteiro Beneditino de Singeverga


Já que falamos de aves regalemo-nos com este excelente trecho musical de nome "Nightingale" por Norah Jones

3 comentários:

pin gente disse...

gostei do livro.
foi uma (mais uma) noite bem passada.
beijos
luísa

Donagata disse...

Eu também. E, de vez em quando, releio.
Os do Daniel Faria, que provavelmente também conheces, são muito bons.

Beijos.

pin gente disse...

sim, muito bom!
aliás um dos poemas mais bonitos (para mim) daquela noite era dele.
não o sei de cor, procurei-o em vão na net. gostava de to deixar aqui.
um beijo