sábado, 2 de agosto de 2008

Justificação de falta

(Imagem: O tal estado quase comatoso)

Dado que fui alvo de um post tenebroso apenas por ter faltado à última aula de hidroginástica da temporada, aqui fica a justificação da referida falta, pela minha encarregada de educação, como convém. Espero que desta forma venha a evitar futuras torturas para as quais receio não estar psicologicamente preparada.


Excelentíssima Senhora Professora Doutora


É na qualidade de encarregada de educação da sua aluna das aulas de Sábado, Donagata (ao mesmo tempo que em auto-representação uma vez que sou maior e, se calhar, vacinada), que me dirijo a Vossa Excelência no sentido de proceder à justificação da falta dada pela aluna (moi même) no passado dia 26 de Julho ao abrigo do Dec-lei 181/2007 (faltas por motivo de doença).

A razão da sua ausência deveu-se ao facto de eu ter verificado que a aluna se encontrava totalmente incapacitada para a prática de qualquer tipo de exercício mais exigente do que estender-se ou deitar-se.

E porquê? Perguntar-se-á.

Pois bem, na minha modesta opinião de leiga (mas também de vítima), as razões foram as seguintes (muito sintetizadas, claro):

  • A aluna passou a semana inteira a levar enormes e desapiedadas cargas de porrada;
  • Consequentemente ficou com todos os seus músculos (mesmo os mais pequeninos dos dois dedinhos dos pés) completamente rotinhos. Não havia alinhavo que lhes valesse;
  • Sentia violentamente a falta dos metabolitos que entretanto haviam emigrado para o exterior das fibras e, em vez de andarem a excitar o que era preciso, não, entretinham-se apenas a fazer doer…

Penso que não necessito de mais referências para que se entenda o estado lastimável em que se encontrava a minha adorada educanda (Tadinha! Até já tenho uma lágrima no canto do olho…).

Ora, como encarregada de educação esmerada e atenta que me orgulho de ser, ciente da importância da minha actuação no bom desenvolvimento global da minha educanda, resolvi informar-me um pouco melhor sobre o assunto.

Na minha busca, constatei, através de um artigo que me foi dado ler (de uma especialista), que o tempo de regeneração muscular poderá variar entre as 24 e as 48 horas. Constatei ainda que seria aconselhado as pessoas (penso que será o mesmo para as gatas) fazerem, e cito: “um dia de carga (aula) e um de repouso com uma folga maior no fim-de-semana” – fim de citação.

Assim, limitando-me apenas a seguir à letra as indicações, precisas aliás, da referida especialista, e pese embora o facto de a gatinha insistir em ir, nada mais fiz do que aconselhá-la a baldar-se à aula, cumprindo assim o período de descanso de dois dias no fim-de-semana.

Espero ter sido completamente explícita e clara nos motivos que aleguei e, desde já, considero a falta devidamente justificada sem que sejam necessárias outras démarches uma vez que, a meu ver, é por demais evidente que a pequena está em estado de overtrainning (em português, estado quase comatoso), motivado pelo excessivo zelo (para ser meiga) revelado por alguns dos técnicos que Vossa Excelência também foi responsável por formar.

Sem outro assunto.

Com os melhores cumprimentos e certa da sua concordância:

Donagata a Encarregada- de- Educação

20 comentários:

susana disse...

Absolutamente deferido!
Nada a comentar.

Foi pena não ter dito nada que eu tinha oferecido uma sessãozinha de watsu (foleirita, que ainda percebo muito pouco daquilo) e tinha ajudado os tais dos metabolitos a acalmarem-se um bocadinho.

Sim, porque há alguns truquesitos para acalmar a sorness!

Entretanto também há por aí uma falta a um almoço, mas NÃO É PRECISO JUSTIFICAR, A SÉRIO QUE NÃO É!

Beijo, beijo, beijo

P.S. - eu prometo que começa a nova época com suavidade...

Cristina disse...

lololol

Os nossos alunos encarregados de educação deles (atenta neste belo português ;) ) teriam de aprender contigo a escrever justificações de faltas. Se visses as que nos aparecem...

Espero que as maleitas estejam melhores, gatinha querida.

Beijinhos :))

Cristina Loureiro dos Santos

antonio disse...

Hum!... Uma gata que gosta de hidroginástica? Hum!...

susana disse...

António: é que gosta mesmo. Até já se intitulou hidrogata. É que ele há fenómenos engraçados!

antonio disse...

Rasgando as ondas da vida com a fúria de garras afiadas...

Donagata disse...

É mesmo assim António. Não me conseguiria retratar melhor!

susana disse...

Agora percebi aquela teimosia em não abrir as mãos na água!!!!!!!!! São as garras, são as garras!

Jocas. saudades aquáticas! (e das não aquáticas também)

jrd disse...

Vê-se mesmo que não é um "Magalhães", porque se fosse teria de descansar encolhida.

BlueVelvet disse...

O que eu já me ri com este post rsrsrsr.
Faça favor de me dizer quem lhe deu tanta porradinhs a semana toda que ponho-lhe já um processo.
Beijinhos e as melhoras:)))



Ps: obrigada pelas gentis palavras deixadas no meu blog. Fizeram-me bem.

susana disse...

Porradinha? O termo é-me familiar, desta vez não fui eu, porque foi há minha aula que a sodona gata teve o atrevimento de faltar.

Donagata disse...

É verdade,bluevelvet, desta vez a Susana até tem razão, não foi ela. Em contrapartida foram outros/as muito bem treinados/as por ela.
Eu tenho uma teoria que defende que nas escolas que formam Profs. de Educação Física, deve existir uma cadeira, ou de avaliação própria, ou transversal às outras áreas curriculares, que desenvolve as potencialidades que cada um já tem para o sadismo.
Deste modo, nada a fazer! Eles são assim e, a verdade, é que eu vou lá! Voluntariamente!
Como vê, não haveria processo que resistisse!

Um beijo grande.

susana disse...

e roam-se de inveja porque esta sodona gata está numa forma espectacular!

nuvem disse...

De facto, este post está fantástico... Nem uma Professora rigorosa e maquiavélica como a Susana poderá deixar de ceder hehehe :)

Quanto à "porradinha", a Bluevelvet que não se preocupe, é saudável e nós gostamos (não queremos cá agora processos, valha-nos Deus, já nos basta a ASAE!)

Susana, no que tu te metes... hehehe

Beijinhos, muitos :)

susana disse...

Ora, ora. Aquele comentário só podia ser de uma menina de veludo azul. Ela devia era aparecer lá no clube, a ver se não desistia logo do processo. Era só ver a coxinha a ficar rija que já não queria mais nada. Mai nada...

Body Motion disse...

Aulas de Hidro?????? Qual quê! É "majé" uma aula de aero-local às 3ª e 5ª, que não há cá disfarses. É tudo à superficie para se ver bem!
Porrada da curta e da grossa!

Essa malta que vem pró ginasio armada em vedeta precisa é de pôr os lactatos a funcionar!

Ah e tal q eu é q sou poeta e tenho um blog e até sou uma gata anafadinha e fofinha... e faço miau e os profs mesmo assim são maus pra mim!

Ai q caraguuuuuuuuu......
Tudo majé trabalhar! Siga!

Donagata disse...

É pá! Foi sem querer! Nem sequer me apercebi que tinha ferido susceptibilidades de algum "ogre aero-localizado" que ande por aí tresmalhado.
Lá por ser gata, anafadinha e fofinha, que sou, não me venham dizer que me armo em vedeta, pois para vedeta sou muito mal tratada!

Jokas. Obrigada pela visita.
Aguarde a vingança.

susana disse...

Continuo a dizer que a água não provoca dor muscular. Essa coisa da aero-local é para quem tem falta de ar, por certo.
Isto é que já não se pode trabuquir sem sermos agredidos pela fulana do bailarico. Aiiii...
E esta gata está muito bem na água, ó menina body motion que não tens tango argentino ao sábado à tarde.
;)

Donagata disse...

Continuem que eu estou a gostar!

susana disse...

Ó body motion, aqui a nossa gatita está a gostar da ideia do tango argentino à 6ª à noite ou ao sábado à tarde, e eu sei que ela contribui com uma quantidade de "pobo" considerável para a dita aula.
Ora vamos a resolver isto, antes que eu te ponha de molho.
E o meu aluninho? A criança merece uma oportunidade para aprender a nadar. Onde está o meu aluninho?

Donagata disse...

Experiência