segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Curiosidades que não interessam a ninguém mas eu gosto

(Estes são meus. nasceram cá em casa. Filhos da minha saudosa Fiona!)

Homens e gatos possuem a mesma região do cérebro responsável pelas emoções. (Eu sabia…)

• O cérebro do gato é mais parecido com o do homem do que com o do cão.

• Os gatos possuem 32 músculos que controlam as suas orelhas. Podem girar as suas orelhas, independentemente uma da outra, a quase 180 graus. (Às vezes dava-nos cá um jeito! Quando queremos ouvir aquela fofoca mas estamos distantes…)

• A audição dos gatos é muito mais sensível do que a dos homens e cães. Seus ouvidos afunilados, canalizam e amplificam os sons como um megafone.

• Os gatos ouvem até 65 khz (kilohertz), enquanto que os homens ouvem até 20 khz. (E presumo que esses kilocoisos todos sejam uma coisa boa de se ter. Nunca os notei preocupados ou aborrecidos com isso.)

Em proporção ao corpo, os gatos são os mamíferos que possuem os maiores olhos. ( E lindos!)

•O gato vê 6 vezes melhor do que o humano à noite, porque necessita de 1/6 da quantidade de luz necessária ao homem para ver. (Isso às vezes dava cá um jeito. Olhem só a energia que se poupava. Por outro lado lá ia a EDP à falência…)

• Recentes estudos revelaram que os gatos podem ver o amarelo, azul e o verde. Ainda não se sabe ao certo, se conseguem ver o vermelho, provavelmente essa cor é vista como cinza ou preto. (Inteligentes os bichinhos. Reparem que podem ver o amarelo, o verde e o AZUL. O vermelho, não é certo. Não é que eu queira insinuar nada com isto. Mas factos, são factos.)

7 comentários:

susana disse...

Pronto, pode não interessar, mas e depois?

susana disse...

Não pode mostrar os amigos da foto aos meus filhos, está bem? Promete?

Donagata disse...

Prometido.

A.Teixeira disse...

A propósito da visão dos gatos, na revista Science&Vie deste mês há um artigo de um certo interesse sobre a contribuição do próprio DNA para a adaptabiliade de várias espécies de mamíferos à visão diurna ou nocturna, incluindo evidentemente os gatos.

Enfim, não é artigo de grande sensibilidade - tirando a fotografia inicial que o enfeita - mas é científico e envolve os teus queridos gatos...

E ainda a propósito de hipotéticas insensibilidades, a etiqueta deste poste é mesmo aquela?

Bjs

Donagata disse...

Acho que não! Nem sei muito bem o que diz... O tio All anda a dar cabo de mim. Já não faço nada de jeito nem digo coisa com coisa.

Em relação à revista que referes, porque dizes que não é de grande sensibilidade, o artigo claro? Eu, se calhar, gostaria de ler. Tenho muita coisa científica que tive de "estudar" quando criava gatos. Sobretudo na área da genética sempre tendo em conta a melhoria das características da raça e as cores que eu queria tirar de uma cruza. E sabes que mais? Tomei um bocado o gosto por essas coisas...

pin gente disse...

eheheh
que grande gata, tu me saíste!
gostei dos kilocoisos!

Donagata disse...

Devem ser bons, não devem?