domingo, 5 de julho de 2009

“O amor não espera à porta” de Marisa de los Santos


Mais um que acabei de ler e já me aguardava há algum tempo.

Devo dizer que o achei de leitura interessante e agradável dando vontade de a prosseguir quase continuadamente.

Com um estilo de escrita que posso considerar original, desde logo prende a atenção do leitor.

Escrito na primeira pessoa, por duas personagens, vai-nos dando visões sucessivas da história. Ora através de um adulto, ora através de uma criança.

A história, sem dúvida uma história de amor nas suas diversas vertentes (romântico, familiar, amizade…), passa por momentos de verdadeiro drama que só a sageza da autora no aligeirar da sua abordagem, evita que o livro adquira contornos exageradamente dramáticos.

Para tal a autora utiliza recursos tais como referências constantes a filmes, a actores de cinema, a momentos desses filmes, para ilustrar situações, emoções, sentimentos, bem como o diálogo jocoso da personagem consigo própria…

Quanto a mim, peca apenas pelo excesso dessas alusões relativas ao cinema, bem como pela atitude, exageradamente adulta, que a personagem criança revela em várias situações; muito forçadas no meu ponto de vista.

Contudo, livro a ler.

Sem comentários: