quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Momentos


São os momentos.
Os bons e os maus (que agora nem parecem tão maus),
que vêm em incontroláveis catadupas e se amontoam na memória.
Que me chamam alto.
Que me agitam, que me angustiam,
que me enchem de orgulho,
de medo, de carinho, de arrufo, de perdão, de amor.
E, por fim, de saudade.
Uma saudade imensa que cobre tudo e me deixa exangue…

7 comentários:

nuvem disse...

Só posso deixar um sorriso e um beijo, daqueles que a gente sabe...

Donagata disse...

E eu só posso agradecer tudo.

Mar Arável disse...

A vida tem momentos de recolhimento

somos frágeis como o brilho
dos cristais

mas fortes quando sabemos

beijar as nossas memórias

BlueVelvet disse...

Sei bem o que são estes momentos, aqui magnificamente retratados.
Beijinhos

Donagata disse...

Pois, são comuns a todos nós, julgo...

Cristina Loureiro dos Santos disse...

Também sei o que são...
Beijinhos, muitos beijinhos.

Donagata disse...

É fruto da época em que vivemos. Não podemos é evitá-los por muito que os entendamos.