segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Saudade

(Imagem: "Saudade" de Nicoletta Ceccoli)

Quando me sento aqui
Sozinha,
Embrulhada em sonhos,
Enrolada em gatos,
Esquecida dos outros
E distante de mim,
Sinto um friozinho,
Apenas uma sugestão
De algo
Que se insinua devagar,
De mansinho,
Que se instala,
Que me preenche,
Que me entristece.
Um desânimo,
Uma dor,
Uma inquietação.
A Saudade, talvez…

Donagata em 29/12/2007

3 comentários:

Jonathan Castro (Jota) disse...

Bonito...bastante.. também escrevi um poema chamado "Saudade" a poucos dias, mas tal como os meus mais recentes poemas mantém-se no mais profundo segredo, enrolado em mistério...:)

Fica Bem

Anónimo disse...

Ola Sra Donagata :) ...
Gostei Imenso .
Eu tb tento Lidar o melhor possivel com esse sentimento por vezes angustiante ... a Saudade !!!

Beijo , A.B.

Anónimo disse...

No Beccoli : Ceccoli !
http://www.nicolettaceccoli.com/