quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Afinal era mesmo para não acreditar!

É que hoje, logo pela manhã, o Sr. Ministro, ele próprio, no Parlamento, comunicou ter mudado de opinião no que diz respeito ao pagamento do aumento extraordinário das reformas.
Afinal o montante será pago de uma vez só até ao mês de Março!
Terá sido um rebate de consciência? Ter-lhe-á provocado uma noite de insónia?
A mim a vergonha provoca-me dessas coisas...

2 comentários:

Clara Branco disse...

Não ouvi a notícia, mas li aqui no blog, estou sem palavras!

Jonathan Castro (Jota) disse...

afinal... melhorou um pouquinho, né?

não sabia dessa mudança de ideias (apesar de isso ser bastante frequente no nosso governo)...
Que venha Março (talvez seja para os ovinhos da Páscoa)

fica bem