terça-feira, 7 de agosto de 2007

Norwegian Wood




Acabei ontem de ler o livro Norwegian Wood de Haruki Murakami. E, mais uma vez, gostei.
Iniciei-me com este autor com algumas reservas, sei lá, talvez por causa de , de repente, estar na moda e, devo dizer que as modas me fazem retrair sempre um pouco, sobretudo as modas literárias. É que há tanta coisa boa para ler e eu tenho tão pouco tempo...
Bom, voltemos ao assunto. Ultrapassada essa relutância inicial, lá resolvi dar o benefício da dúvida começando por ler “Kafka à beira mar”. Este e não outro qualquer porque era o que tinha um gato lindo na capa ( E que tal como critério de escolha?...).
Foi uma agradabilíssima surpresa. De tal forma que, de imediato, li “Em busca do carneiro selvagem” e “Noruegian Wood”que, como já disse terminei ontem ( Estes já sem gatos na capa...).
Este último foge, sem dúvida à forma metafórica de contar a história, bem patente nos anteriores, a qual se desenrola, com fluidez entre o real e o imaginário e, por vezes, o mito. Aqui, o autor mantém a narrativa sempre dentro do plano do real. Todavia as personagens são tão ricas, tão elaboradas (elas próprias uma metáfora?!) quanto nos anteriores livros que li e, devo dizer, não menos perturbadoras.
Mais uma vez fiquei um pouco mais rica!

1 comentário:

Sofia Loureiro dos Santos disse...

Não conheço, mas não tardarei.