sexta-feira, 14 de maio de 2010

Apenas para pensar



"Subnutrido de beleza, meu cachorro-poema vai farejando poesia em tudo, pois nunca se sabe quanto tesouro andará desperdiçado por aí..."

Mario Quintana

1 comentário:

Moon disse...

Fantástico! E as férias aí à porta...