quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Lançamento de livro


Pin

Uma explicação de ternura

Ternura (muita), e as palavras que dela nasceram... momentos (muitos) que explica no bater do coração e no brilho do olhar. Ternura... este livro é apenas uma das suas muitas explicações.

Nasci de mão dada com a ternura, com ela cresci, me fiz gente.

Aprendi a acarinhá-la, a guardá-la entre os dedos.

Semeio-a, com a ajuda do vento.

Sacio-lhe a sede, com lágrimas doces.

Vejo-a tornar-se maior sem sobejar.

Bebo de toda a que me oferecem e entrego-a, na mão de quem a queira de mim beber.

Este livro reflecte o que hoje sou.

Espero que possa transmitir-vos a serenidade e a ternura que sinto quando escrevo.


Palavras da autora. Tudo o que eu possa acrescentar será supérfluo. E julgo que terei o privilégio de algumas das leituras...

4 comentários:

pin gente disse...

eheheh
julgas?! eu tenho a certeza!
como sabes, a tua forma de dizer agrada-me muito. é para mim uma honra ter-te a meu lado no dia vinte.
tenho portanto, e pelo menos, duas coisas a agradecer-te! o teres aceite ler no lançamento e o facto de aqui publicares o convite.
muito obrigada, c.!
abraço forte
luísa

Donagata disse...

Nada do que dizes é passível de agradecimento. por um lado dá-me imenso prazer dizer poesia, já sabes. Por outro , gosto de colocar no beu blogue coisas bonitas...

Beijos grandes.

Tia_Cunhada disse...

Pois lá nos encontraremos, também com a Senhora Dona Minha Cunhada... :-)

Deixei-lhe um prémio lá no meu sítio.

Um beijo

Donagata disse...

Pois então até lá: A cunhada é que mesmo só vendo....