domingo, 29 de julho de 2007

Aniversário

Ontem foi dia de festa! ´
Foi o aniversári da minha sogra e, mais uma vez, lá se cumpriu o ritual de sempre. Juntámo-nos todos para um jantar em que o menos importante de tudo era isso mesmo, o jantar.
E lá estávamos todos: os filhos, as noras, os netos, as netas, os maridos/namorados da netas e, vejam só, a bisneta que, durante todo o tempo, foi disputando o protagonismo do encontro com a bisavó. Enfim, a habitual cacofonia de vozes que resulta de todos e cada um de nós querer debitar o maior número de palavras possível, o mais alto possível sem que o que se diz faça a menor diferença. Os ausentes, esses telefonaram juntando-se assim aos festejos mostrando que a Avó está presente embora a distância.
Inevitável e paradigmático é também o ritual dos presentes. Estes são abertos pela Avó perante a atenção expectante de todos ( embora, de uma forma geral já todos saibam mais ou menos o que é o presente). Depois de aberto o embrulho, por vezes desapertando cuidadosamente as fitas; por vezes rasgando freneticamente os coloridos papeis eis que surge a "surpresa"! É então aí que a Avó fica muito contente, repete constantemente que é lindíssimo, que gosta muito, que agora é que vou parecer bem, e dá algumas bem sonoras gargalhadas que fazem bem à alma de todos nós e que têm o condão de nos fazer retomar o desarrazoado das conversas momentanemente atenuadas. E assim prossegue o desfilar de temas acerca dos quais todos discorremos como verdadeiros especialistas: do futebol à política, da economia à literatura, do cinema à actividade financeira, dos problemas na educação às fofoquices do jet-set, da saúde às telenovelas assim se passa uma noite de agradável convívio familiar em que todos nos sentimos felizes por estarmos vivos e por podermos partilhar da felicidade que é podermos estar juntos.


2 comentários:

Inês Torres disse...

A familia é sempre uma animaçao :D

Escrevi uma coisita po meu Goofy, ve o qe achas @

Sofia Loureiro dos Santos disse...

Aposto que resovera, mais uma vez, todos os problemas do país, ou mesmo do mundo. Parabéns à família.