segunda-feira, 26 de abril de 2010

SARAU DE POESIA EVOCA TOMÁS GONZAGA


(Casa onde nasceu Tomás Gonzaga, no Porto, em Miragaia)

Quarta-feira, dia 28 de Abril, às 21h30 no Bar Labirintho

Poemas de Cecília Meireles, Carlos Drummond de Andrade, Vinicius de Moraes, Paulo Mendes Campos, Tomás Gonzaga, Luís Filipe Castro Mendes e Rui Knopfli serão lidos e declamados no sarau "Os Poetas que Gonzaga Inspirou", que se realiza no dia 28, quarta-feira, às 21H30, no Bar Labirintho, Porto. Manaíra Athayde, Carlos Jorge Mota, Celeste Pereira e Suzana Guimarães são os leitores participantes nesta noite de poesia.

Programado e apresentado por Danyel Guerra, este evento literário-cultural visa assinalar, em ambiente de tertúlia poética, o segundo centenário da morte, na Ilha de Moçambique, do poeta arcádico Tomás Gonzaga, nascido no Porto em 1744.

Atualmente, na sua cidade e país natal, o cantor de Marília não alcança sequer o estatuto de um ilustre desconhecido. Apesar desse esquecimento, a auréola do poeta Dirceu continua luminosa no Brasil. Seus poemas têm inspirado vates do nosso tempo,suscitando frequentes intertextualidades da parte de colegas da estirpe dos acima referidos. Conforme tributou Drummonde Andrade no soneto "Encontro", "é teu poema, a furar o esquecimento dos arquivos, qual flor rompendo a fraga; Poesia eternidade do momento."

Texto de Danyel Guerra

Sem comentários: