segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Ausência


Imagem: Ausência xxi 2006 - Paul Ruiz

Não sabes como me dói a tua ausência!
Não sabes como desejo que chegues,
Que me olhes e me ames com urgência.
Não sabes as vezes que não me vês chorar
Saudosa da tua presença, da tua voz,
Do teu calor, do teu cheiro, do teu olhar,
Não sabes o medo que tenho
De que esta dor que cresce
Me faça esquecer de te amar.

Donagata em 29-08-2007

1 comentário:

Rooz disse...

Hello,

I was doing a search of my paintings on the internet and came across your blog. I am flattered that you have used one of my paintings, Ausencia xxi, with some poetry beneath it, could I just ask that in the future you please request permission to publish any such photos of my work, as it is copyrighted.

Please understand that I am not upset, I just think it would be the right thing to do request permission first.

Thanks...Paul Ruiz