domingo, 10 de abril de 2011

Quando ainda sorrias porque sim

"Moça com gato" de Lilian Zapol

Consegues ainda lembrar-te
de quando a vida não era apenas uma guerra constante
e os dias uma sucessão de imensas batalhas
que sentes ter de ganhar a todo custo
por mais insignificantes que sejam?

Consegues ainda lembrar-te
de como era tão mais importante uma conversa mansa,
o assomar de um sorriso, do que a constatação de uma razão?

Consegues ainda lembrar-te
de como a troco de tão pouco me fazias rir sem parar?

Eu, eu consigo ainda lembrar-me
de olhar para o teu rosto, para o teu sorriso aberto
e sentir que, para mim, ali, se encontrava o mundo…

1 comentário:

Mar Arável disse...

Consigo

porque sim

Belíssimo